Companhia de Viagem

Arquivo : acampamento

Hostel funciona em casa na árvore a 200 metros do chão
Comentários Comente

Marcio Moraes

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A Nicarágua tem um hostel bem diferente: uma casa na árvore! A construção está na Reserva Natural Volcán Mombacho, pertinho do vulcão homônimo. Para chegar ao Treehouse, um ônibus gratuito sai do Parque Central de Granada e leva os hóspedes até a área do hostel em menos de 20 minutos. A partir daí, só há um jeito de acessar a casa, a uma altura de 200 metros do chão: atravessando uma longa ponte suspensa de metal de 60 metros de comprimento. Ela só é presa por cima, sem vigas de sustentação. Mas, por ser de metal e bem fechada dos lados, não tive medo de atravessar.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Treehouse, como o próprio nome sugere, realmente parece uma enorme casa na árvore, o sonho de qualquer criança. Do lado de fora já dá para ver várias redes e um balanço. O lugar me lembrou um acampamento, todo de madeira, com beliches, o clima familiar e grandes mesas de piquenique, onde todos se sentam juntos durante as refeições (que incluem opções vegetarianas). Dá para se hospedar em quartos individuais e coletivos, como sempre, mas o diferencial é poder acampar em barracas ou até dormir nas redes – neste caso, você pode guardar os pertences importantes em cofres.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Para aproveitar a natureza estonteante da região, o hostel organiza trilhas, escaladas, tirolesas — hóspedes têm desconto — e leva seus visitantes para nadar em lagos “secretos” da floresta, apenas acessíveis com jipes 4×4. Um dos locais de mergulho é parte da Laguna de Apoyo e o outro é na região vulcânica Aguas Agrias.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Treehouse também é um ótimo ponto de partida para conhecer o vulcão Mombacho, a apenas 30 minutos de distância à pé, ou 5 de mototáxi. O vilarejo Catarina, famosíssimo no país por sua cerâmica, também fica pertinho, só a 15 minutos de carro.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Da varanda do hostel, a vista do pôr-do-sol é de tirar o fôlego. E os macacos que rodeiam a área fazem a alegria dos turistas. Quando chega a noite, os visitantes aproveitam o barzinho.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Às quartas, a festa Weird Wednesday (ou quarta-feira estranha) empresta fantasias e roupas malucas aos convidados. Às quintas, rola música ao vivo, e quem se arriscar no microfone ganha um drink. Às sextas e sábados, é por conta de DJs embalar os jovens noite adentro. Não precisa estar hospedado no Treehouse para participar das baladas, é só chegar. Mas, se você estiver pensando em dormir lá, tem que estar no clima da farra, já que rola música alta até tarde. Para quem gosta, é o melhor dos dois mundo: dá para descansar nas redes de dia e festejar o resto da noite.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


Acampe nas alturas com barracas inspiradas em Star Wars
Comentários Comente

Marcio Moraes

Caro viajante,

Quando acampamos, precisamos de disposição para encarar condições desconfortáveis. Não apenas a chuva, mas o contato com a natureza e o entra e sai na barraca tendem a sujar o interior e rendem um trabalho ainda maior na limpeza pós-camping.

Projetadas para solucionar esse e outros problemas, as inovadoras Tent Trees levantam a bandeira de que é possível acampar sem transformar a sua casa em uma imundice. E sem causar qualquer prejuízo ao meio ambiente. Porém, é necessário coragem, pois toda essa experiência é feita NAS ALTURAS!

Criadas pelos designer londrino Alex Shirley-Smith e russo Kirk Kirchev, as barracas da Tentsile foram inspiradas em nada menos que o filme Star Wars: O Retorno de Jedi, de 1983. Quando pequeno, Alex estava chocado com as notícias relacionadas ao desmatamento da Amazônia. Em um fim de semana despretensioso, ele foi levado pela avó ao cinema para assistir ao vencedor do Oscar de melhores efeitos especiais. A Lua Florestal de Endor, que foi casa dos Ewoks, impressionou o então jovem londrino, que logo pensou no bom uso das árvores para a sobrevivência das florestas.

Assim, as Tent Trees foram criadas para não apenas evitar problemas como umidade e desnível do solo, mas também elevar a experiência de acampar com a presença das árvores, sem esquecer o conforto do usuário. A altura recomentada é de 1,2 metros, para minimizar os riscos de uma eventual queda, além de facilitar o acesso.

Outra vantagem é a rede de cobertura completamente fechada e à prova de insetos. Por ser suspensa, a proteção contra predadores terrestres também contribuem para o sucesso da Tentsile, que já foi premiada pela proposta inovadora. Em 2015, a empresa levou o ISPO BRANDNEW, maior competição de startups de indústrias de artigos esportivos do mundo.

O comprometimento com o meio ambiente começa já na compra da barraca, período em que três árvores são plantadas pela marca. Todos os produtos estão disponíveis no site da Tentsile, mas ainda não há loja física no País. Um problema que, segundo Robert Shirley-Smith, deve chegar ao fim em 2017, com a abertura de uma fábrica na América do Sul.

Claro que elas podem ser montadas no solo, mas garanto que as fotos a seguir o farão mudar de ideia para subir nas alturas como os Ewoks e admirar uma jornada pelas estrelas.Ryan-Robinson-picture-2

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Screen shot 2015-05-04 at 19.42.26

Divulgação

Divulgação

Screen-shot-2015-02-15-at-20.24.14 Nick-McLane

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Tentsile-Lines-of-Light-Highlining-pedropimentel.net-photoshoot-9

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Ryan-Robinson-3

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Ryan-Robinson-Rio-1

Divulgação

Divulgação


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>