Companhia de Viagem

Arquivo : Romance

Dez motivos para trocar o sofá e cobertor por uma viagem neste inverno
Comentários Comente

Marcio Moraes

Para os amantes do frio, hoje é dia de comemoração! O inverno chegou oficialmente por aqui. E se, por outro lado, você já está reclamando da temperatura baixa, prepare-se, porque a estação gelada só está começando!

Por mais difícil que seja tomar coragem e sair de casa com esse friozinho, esta é uma das melhores épocas para viajar e conhecer lugares interessantes, que vão muito além dos paraísos tropicais. Campos de Jordão, Monte Verde, Gramado, Canela, Bariloche, Mendonza e Santiago são alguns dos destinos que esperam você de braços bem abertos. Aproveito para fazer um convite para os veranistas declarados: tentem, uma única vez, curtir um tempo livre em um destino de frio. Garanto que será uma experiência surpreendente!

Confira algumas razões para você encher a mala de casacos e aproveitar o inverno por aí! Os motivos são tão bons que você ficará com vontade de seguir a neve sempre, mesmo quando ela começa a cair no Hemisfério Norte – e o verão volta a aquecer o Brasil.

1. Usar roupas que estavam escondidas no armário

Divulgação

Divulgação

As vantagens de viajar no inverno já começam na hora de fazer a mala! Você tem a oportunidade de usar todos aqueles casacos, toucas e cachecóis maravilhosos que estavam esquecidos no guarda-roupas. Sem contar que os looks ficam muito mais legais com a sobreposição de peças! 

2. Tomar chocolate quente

Divulgação

Divulgação

Uma das melhores sensações é tomar uma bebida quente quando está frio. Está aí a desculpa perfeita para experimentar os chocolates quentes de todos os lugares!

 3. Andar pela cidade inteira e não ficar suado

Divulgação

Divulgação

Mesmo depois de atravessar a cidade para conhecer cada ponto turístico, você continua cheiroso e com a aparência intacta! Assim, nenhuma foto será arruinada pelo suor.

4. Brincar na neve

Divulgação

Divulgação

Tem algo melhor do que sair da rotina e encontrar um cenário completamente diferente ao abrir a janela? Aproveite para despertar a criança dentro de você e construir bonecos de neve, patinar no gelo, esquiar e fazer tudo o que seu espírito infantil mandar!

5. Fazer luau com fogueira

Divulgação

Divulgação

O frio é perfeito para reproduzir aquelas cenas de filme em que os amigos se reúnem na praia, fazem uma fogueira, assam marshmallows e tocam violão. Só não se esqueça de levar cobertores!

6. Menos chuvas

Divulgação

Divulgação

O inverno é a época mais seca do ano. Sirva-se disso para desbravar diversos destinos sem medo que a chuva atrapalhe o passeio!

7. Aproveitar as piscinas termais

Divulgação

Divulgação

Águas termais são excelentes para se esquentar no inverno – e têm propriedades medicinais! Além do mais, você pode nadar em lugares incríveis rodeados de montanhas, árvores ou neve.

8. Chega de picadas de inseto!

Divulgação

Divulgação

Um ótimo motivo para ser fã do inverno: menos insetos! Assim, é possível aproveitar os lugares sem ter que espantar mosquitos por aí!

 9. Mais romântico

Divulgação

Divulgação

Lareira, vinho, fondue… Tudo no frio colabora para criar um cenário mais romântico! De quebra, que tal se esquentar com abraços e beijos?

10. Fugir do frio

Divulgação

Divulgação

Se, mesmo com todos esses motivos, você ainda não gosta do inverno, existe uma ótima razão para viajar nessa época do ano: fugir dele! Sempre é verão em algum lugar do mundo. Então, faça as malas e vá para o outro hemisfério!


Destinos mais românticos para o Valentine’s Day
Comentários Comente

Marcio Moraes

Caro amigo,

O amor está no ar! E não é por causa de sua paixonite de Carnaval. Enquanto estamos nos recuperando da folia, países como Estados Unidos, Canadá e grande parte da Europa se preparam para uma data especial. É a chegada do Valentine’s Day, ou Dia de São Valentim, que é celebrado no próximo domingo, dia 14.

Ao contrário da mesmice de presentear a pessoa amada com chocolates e flores, convido-lhe a pensar grande nessa data. Conheça os prazeres de viajar a dois pelos destinos mais românticos do mundo!

1. Admirar o pôr do sol em restaurantes como Kapari Wine, em Santorini, na Grécia.

Divulgação

Divulgação

2. Descansar nas Maldivas, um dos arquipélagos mais românticos da Ásia e do mundo. Que tal uma hospedagem no Sheraton Maldives Full Moon Resort & Spa?

Divulgação

Divulgação

3. Visitar a histórica Florença e conhecer símbolos da arquitetura italiana como a Catedral de Santa Maria Del Fiore e a Piazzale Michelangelo.

Divulgação

Divulgação

4. Aventurar-se pelas faces de St. Moritz, nos Alpes suíços, onde é possível caminhar pelo extenso lago da cidade ou chegar ao topo da Diavolezza.

Divulgação

Divulgação

5. Aquecer-se no frio de Quebec, no Canadá, através de seu centro histórico muito semelhante à Europa.

Divulgação

Divulgação

6. Explorar cada parque da romântica Savannah, na Geórgia, como o agradável Forsyth Park.

Divulgação

Divulgação

7. Passear pelos jardins coloridos de Kyoto, no Japão, até chegar ao templo de Eikan-do.

Divulgação

Divulgação

8. Voar pelo céu da Capadócia, na Turquia, e enxergar as atrações de Göreme.

Divulgação

Divulgação

9. Navegar pelos paraísos de Maiorca, maior arquipélago espanhol das Ilhas Baleares. São “apenas” 262 praias!

Divulgação

Divulgação

10. Aproveitar a viagem para os Estados Unidos e repousar em Islamorada, na Flórida. Se você gosta de mergulho, o History of Diving Museum é um prato cheio.

Divulgação

Divulgação

11. Caminhar pela romântica e histórica Ponte Carlos, em Praga, palco de diversos pedidos de casamentos, na República Tcheca.

Divulgação

Divulgação

12. Experimentar uma autêntica pizza italiana em Roma, através do tradicional restaurante Elettroforno Frontoni.

Divulgação

Divulgação

13. Saborear o vinho português em um restaurante como o BA Wine Bar do Bairro Alto de Lisboa, em Portugal.

Divulgação

Divulgação

14. Esquecer de Paris seria uma frustração, não é mesmo? Arrisque uma caminhada pelas ruas parisienses para sentir o verdadeiro estilo de vida da Cidade Luz!

Divulgação

Divulgação


Veneza é destino para apaixonados
Comentários Comente

Marcio Moraes

Companheiro de viagem,

Existe lugar mais romântico que Veneza? George Clooney que o diga. Recentemente, o astro de Hollywood escolheu a cidade italiana para celebrar seu casamento com Amal Alamuddin. Afinal, um passeio de gôndola, um bom vinho e a companhia certa podem proporcionar momentos inesquecíveis.

03

Situada em uma laguna no nordeste da Itália, esta charmosa cidade foi construída sobre um arquipélago de 118 ilhas, ligadas por cerca de 400 pontes. Logo, é um labirinto de pequenos e grandes canais, onde a cada esquina você se depara com uma paisagem que merece ser fotografada.

04

06

Por ter sido construída sobre as águas, Veneza é uma zona praticamente livre de carros. A locomoção dentro da cidade continua como nos séculos passados: a pé ou pela água, com os barcos-táxis. As famosas gôndolas geralmente são utilizadas por turistas, para casamentos ou algum evento religioso. Se você estiver em clima de romance e optar por esse passeio super romântico, não se esqueça que todos os casais apaixonados devem trocar um beijo ao passar embaixo da Ponte dos Suspiros. Segundo a lenda, isso garante que o amor dure para sempre… não custa nada tentar, não é?

 

13

08

Entre as atrações imperdíveis do destino, estão grandes museus, como o Accademia, o Ca’Rezzonico, o Peggy Guggenheim e o Punta della Dogana. O destaque, porém, fica mesmo no entorno da Piazza San Marco, com sua magnífica basílica, o Farol-campanário, e o Palazzo Ducale – elegante edifício dos poderosos doges da República Veneziana. Não perca também interessantes passeios a pé em Dorsoduro, Murano, Burano, e na pequena San Giorgio Maggiore. O Edifício Campanille é o mais alto da cidade, portanto, de lá você poderá ter uma vista panorâmica de toda la bella Venezia.

05

Outra curiosidade dali é a recorrência de enchentes, comuns em Veneza, principalmente nos últimos cem anos, período no qual a cidade afundou quase 23 centímetros: 7,5 cm em função da elevação do nível das águas, e mais de 15 cm em razão da compressão natural do solo somada à exploração de poços artesianos. Quando a maré sobe mais de 80 cm, locais mais baixos, como a praça São Marco, costumam alagar.

Como chegar

O Aeroporto de Veneza (41/260-9260, www.veniceairport.it) está a 12 quilômetros da cidade. Dele, pode-se chegar ao centro de Ferry (www.alilaguna.com) ou de ônibus (www.atvo.it). Já os trens desembarcam na Stazione di Santa Lucia, que fica às margens do Canal Grande.

Passagens

TAM US$ 1.620,00

Air France US$ 3.370,00

British Airways US$ 2.179

Hotéis

San Clemente Palace
Site: www.stregisvenice.com

Bauer il Palazzo
Site: www.ilpalazzovenezia.com

The Gritti Palace
Site: www.thegrittipalace.com

07

Boa viagem!


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>