Companhia de Viagem

Conheça o castelo do príncipe que deu origem ao Conde Drácula
Comentários Comente

Marcio Moraes

Meu amigo,

Você certamente conhece o famoso personagem Conde Drácula, protagonista de diversos filmes de terror, não é mesmo? Mas sabe qual é a origem dele?

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Inspirado no conde Vlad Tepes – originalmente Vlad Dracul –, que viveu na Romênia durante o século 15, o vampiro da literatura foi criado a partir da fama de sanguinário do príncipe romeno. A história real, no entanto, conta que o monarca foi um herói nacional que lutou bravamente pela independência da Valáquia.

Quem quiser tirar a prova se o conde Vlad era o mocinho ou o vilão da Transilvânia, vai se surpreender ao desbravar o turismo na região. O Castelo de Bran é uma das atrações mais visitadas do país. Construído na Idade Média, o edifício de 57 cômodos e quatro andares tem mais de 600 anos e é mais bonito do que assustador, porém é parada obrigatória para os fãs do Drácula, pois este é o castelo oficial do vampiro. Já o príncipe real passou apenas alguns dias como prisioneiro no local.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Agora, se o intuito é ir mais a fundo nesta história, reserve alguns dias para conhecer a cidade de Sighisoara, local de nascimento do príncipe Vlad Tepes. Ali, conheça a Vlad Dracul House, onde o conde nasceu, em 1.431. No térreo funciona um restaurante medieval, enquanto o primeiro andar abriga o Museu das Armas. Só tome cuidado para não esbarrar em um vampiro enquanto passeia por lá, hein?

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O vilarejo em si também é muito interessante, repleto de torres e igrejas. Fundado no século 12, é tombado pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade e oferece inúmeras atrações históricas, como a Câmara de Tortura, Museu da História, Catedral Ortodoxa e muito mais.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Mas, se você quer continuar só na ficção, não deixe de assistir ao filme Drácula, lançado no ano passado. Tenho certeza que, depois de ver o longa, você vai querer fazer as malas rapidinho!

Boa viagem!


5 curiosidades que você não sabia sobre passaportes!
Comentários Comente

Marcio Moraes

Amigo,

Se você é um viajante assíduo como eu, com certeza está com o seu passaporte em dia, não é mesmo? Mas há algumas peculiaridades sobre o documento que você não deve saber. Quer apostar?

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Em primeiro lugar, você tinha ideia de que a Rainha da Inglaterra não precisa de passaporte? Pois é! Como todos são expedidos em nome de Sua Majestade, a monarca pode usar o documento de qualquer um dos cidadãos britânicos. Já imaginou?

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Aliás, o Reino Unido é um dos países mais bem aceitos no mundo. Um passaporte britânico tem as fronteiras abertas para 147 países, ao lado dos Estados Unidos. O Brasil está na 17ª posição dessa lista, segundo o ranking da ferramenta Passaport Index, sendo aceito em 128 nações. Bom incentivo para viajar, não?

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Outra curiosidade super bacana é que alguns destinos possuem carimbos especiais! Por exemplo: se você for a Machu Picchu, além de ter o visto do Peru, também poderá carimbar um selo exclusivo da Cidade Inca no seu passaporte! Demais, não? Outros lugares são Galápagos, no Equador, Ilha de Páscoa, no Chile, Ilhas Cayman, no Caribe, Antártica – que, aliás, tem muitos desses carimbos – e mais uma infinidade de locais espalhados pelos Estados Unidos, Canadá, Argentina e até Coreia do Sul!

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Falando em Canadá, você sabia que esse passaporte é composto por inúmeras paisagens escondidas? Isso mesmo! Como uma forma de evitar a falsificação, o governo canadense gravou nos documentos uma série de imagens que só podem ser vistas com luz negra!

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

E por último, qual é o número do seu passaporte? Pois eu vou te contar quem é o dono do número 1: o Papa! Tudo bem que o Papa Francisco preferiu manter o documento argentino, mas em geral essa é uma das regras do Vaticano para os líderes religiosos que assumem as rédeas da Igreja Católica.

Até mais!


Você sabe quais são as cidades mais baratas para mochilar em 2015?
Comentários Comente

Marcio Moraes

Meu amigo,

Sei que eu falo muito sobre destinos luxuosos, afinal, essa é a essência do meu programa de TV e também da revista Companhia de Viagem. Uma vez ou outra, porém, eu gosto de mostrar a você lugares que oferecem alguns dos serviços hoteleiros mais sofisticados do mundo, mas que também podem ser bem acessíveis.

Uma pesquisa chamada Backpacker Index, do site americano Price of Travel, fez um levantamento bastante útil que mostra quais são os 130 países mais baratos para encarar um mochilão – contando hospedagem em albergues, refeições econômicas, uso de transporte público, três cervejas e ingresso para uma atração cultural.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Da cidade mais em conta, que é Pokhara, no Nepal, até a menos barata, que é Zurique, na Suíça, eu selecionei três destinos que você definitivamente precisa conhecer! Um deles é a 103ª posição: a pequena cidade medieval de Dubrovnik, na Croácia, cujo gasto diário fica em torno de 69,54 dólares.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Banhado pelo Mar Mediterrâneo, o local atrai inúmeros turistas curiosos para conhecer os 1.940 metros de muralhas que cercam a Cidade Velha. Dentro dessas paredes, visite as cinco fortalezas do lugar: Minčeta, Bokar, St. John, Revelin e Lovrjenac, consideradas o segundo maior museu a céu aberto do mundo! E claro, não deixe de aproveitar as ruas cheias de bares, cafés, lojinhas e restaurantes.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Já a incrível e colorida Katmandu é a capital do Nepal, porta de entrada para muitos alpinistas aventureiros e 6ª colocada na pesquisa! O viajante mochileiro gasta, em média, apenas 19,05 dólares por dia no destino que, aliás, tem como maior e melhor atração a caminhada por suas caóticas ruas. Repleta de templos hindus e budistas, o lugar está a 1.400 metros de altitude e é considerada por muitos a “praça do mundo”, por receber visitantes de todos os cantos.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Agora, você já imaginou conhecer a luxuosa Dubai por apenas 77,22 dólares? Segundo a pesquisa, é possível sim! E realmente vale muito a pena. O maior emirado dos Emirados Árabes é lar de construções magníficas como o prédio mais alto do mundo, o Burj Al Arab – em formato de vela –, além de pista de esquis, hotéis que extrapolam os limites do luxo e até um jardim – que já falamos aqui – composto por mais de 120 milhões de flores. Eu diria que é o destino da exuberância!

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Quer saber mais sobre as cidades mais baratas para mochilar em 2015? Está aqui o link para a pesquisa na íntegra: http://www.priceoftravel.com/world-cities-by-price-backpacker-index/.

Ótima viagem e bom feriado!


Você se hospedaria em um beagle?
Comentários 1

Marcio Moraes

Meu amigo,

Ideias inusitadas sempre nos surpreendem, mas esta pousada americana é realmente demais! Chamada Dog Bark Park Inn, o lugar foi construído no formato de um cachorro da raça beagle com mais de três metros de altura, na cidade de Cottonwood, em Idaho, nos Estados Unidos! Demais, não?

Foto: Dog Bark Park

Foto: Dog Bark Park

Tanta doçura foi ideia do casal de artistas Dennis e Frances, que desde 1.997 trabalham na imensa estrutura. O começo de tudo, porém, foi em 1.995, quando os dois estouraram em vendas com pequenas esculturas de cachorrinhos de madeira. Aliás, o casal diz que foi com esse dinheiro que eles investiram na construção do Toby – nome dado à obra de arte.

Foto: Dog Bark Park

Foto: Dog Bark Park

Aberto desde 2.003, o hotel oferece apenas uma acomodação em formato de loft, que pode hospedar uma pessoa ou até uma pequena família. E tudo isso na barriga do beagle e com muitos detalhes temáticos, é claro!

Foto: Dog Bark Park

Foto: Dog Bark Park

Além do quarto em si com banheiro privativo, a pousada oferece também micro-ondas, frigobar, ar condicionado e muitos jogos e livros. Mas atenção aos que vivem conectados: não há telefone nem televisão.

Foto: Dog Bark Park

Foto: Dog Bark Park

A ideia é aproveitar a imensa área verde em volta do Toby e todos os atrativos locais, que com certeza inspiram e muito a criançada! Além disso, não há como não se encantar com a hospitalidade do casal, que faz a visita valer ainda mais a pena.

Foto: Dog Bark Park

Foto: Dog Bark Park

Na diária também está incluso um farto café da manhã e quem não conseguir vaga pode levar souvenires da lojinha dos artistas. Confira mais em: www.dogbarkparkinn.com

Foto: Dog Bark Park

Foto: Dog Bark Park

E aí, gostou da ideia? Comente aqui se você já teve a oportunidade de conhecer o Dog Bark Park Inn ou outro hotel inusitado!

Abraços!


Que tal um mergulho nas Termas de Budapeste?
Comentários Comente

Marcio Moraes

Companheiro,

A capital da Hungria é uma cidade repleta de atrativos históricos e naturais. Mas você sabia que ela é conhecida como a capital do spa? Pois é! Não bastasse ser lar de atrações turísticas belíssimas como o Rio Danúbio e o Castelo de Buda – conjunto de edifícios construídos no século 18, antes chamado de Palácio Real – o destino ainda oferece mais de 12 complexos de águas quentes.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Tamanha riqueza se dá, porque o país está localizado em uma das maiores estâncias termais e medicinais do mundo. Tanto que a cultura de banhar-se nesses lugares já vem de cerca de dois mil anos atrás, quando ruínas de casas de banho revelam que os romanos já usufruíam desse recurso da natureza.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Entre os mais visitados complexos está Széchenyi, um dos maiores spas de águas termais da Europa, com três piscinas externas e 15 internas. O local foi construído e inaugurado em 1.913, mas foi aberto ao público somente em 1.927. Totalmente restaurado desde 1.999, além de jacuzzi, saunas e serviços de spa, o local também oferece até tabuleiros de xadrez flutuantes para entreter os visitantes.

www.szechenyibath.hu

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Gellért Thermal Bath é outro ponto fantástico e um dos complexos mais populares. O spa é decorado com arquitetura art nouveau e ficou famoso por seus poderes medicinais já no século 13. Entre os serviços oferecidos estão pacotes de uma a duas semanas de spa, massagens tailandesas ou com pedras quentes e etc.

www.gellertbath.hu

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Já Lukács Thermal Bath começou a ser construído no século 12 e o primeiro hotel spa foi erguido nos anos 1.880. Em 2.012, entretanto, o local foi totalmente restaurado e hoje apresenta um estilo clássico e serviços de padrão de qualidade internacional, além de sauna, piscina medicinal, massagens, tratamentos faciais e muito mais.

www.lukacsbath.com

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Boa viagem!


Mergulhe em Fernando de Noronha com o Google Maps
Comentários Comente

Marcio Moraes

Olá amigo,

Eu tenho certeza que conhecer este paraíso pernambucano já está nos seus planos, não é mesmo? Mas você sabia que agora é possível visitar as belezas naturais do arquipélago e até mergulhar nas águas cristalinas de Noronha pela internet?

Isso mesmo! O Google Maps possui uma página especial que explora oito praias das 21 ilhas do lugar por terra e também pelo fundo do mar! Basta acessar www.g.co/noronha e se encantar com as paisagens paradisíacas deste Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco.

Foto: Reprodução Google

Foto: Reprodução Google

Para começar, você pode conhecer o Forte de Nossa Senhora dos Remédios, que foi a principal estrutura de defesa militar do arquipélago, erguida em 1.737. Localizada no norte da ilha, a fortaleza ainda é tombada, desde 1.961, pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Foto: Reprodução Google

Foto: Reprodução Google

A partir de lá, visite o Mirante, de onde é possível observar os golfinhos rotadores que vão ao local todas as manhãs para descansar e alimentar os filhotes. Veja ainda a Praia do Cachorro, da Cacimba do Padre, da Conceição, do Meio, Air France, dos Abreus, do Sancho e Praia do Leão.

Foto: Reprodução Google

Foto: Reprodução Google

Também foram inclusas neste incrível sistema de mapeamento a Baía dos Porcos, Enseada da Caieira, Buraco da Raquel, Atol das Rocas e o Buraco dos Infernos, uma gruta subaquática que entra em erupção de acordo com o nível da maré!

Foto: Reprodução Google

Foto: Reprodução Google

Mas o mais impressionante é ver todos esses lugares pelo fundo do mar. Conhecida pelos passeios de mergulho, Fernando de Noronha impressiona por sua vasta fauna e flora protegidas pelo Parque Nacional Marinho e Área de Proteção Ambiental. Conheça Pedras Secas e suas rochas vulcânicas, a Ilha do Frade com sua variada vida marinha, ou o Canal da Sela Ginete com os golfinhos. Tudo isso online!

Foto: Reprodução Google

Foto: Reprodução Google

A ferramenta disponibilizada pelo Google Maps é a primeira ação do tipo realizada no Brasil. Para conseguir tal feito, a equipe responsável por esse mapeamento utilizou 15 câmeras que captaram imagens em 360 graus. No total, foram filmados cerca de 50 quilômetros acima da terra e mais seis quilômetros embaixo da água. Incrível, não?

Foto: Reprodução Google

Foto: Reprodução Google

E aí, ficou com mais vontade ainda de conhecer Fernando de Noronha? Então prepare as malas, porque você vai adorar!

Até mais!


Você já imaginou voar em uma cabine cinco estrelas?
Comentários Comente

Marcio Moraes

Meu caro amigo,

Eu sei que quando falamos em mercado de luxo, principalmente no turismo, não existem limites para agradar os viajantes mais exigentes. Afinal, o custo nunca será um problema. Pois você sabia que o tradicional voo de primeira classe já é coisa do passado para esses passageiros tão sofisticados? Isso porque as maiores companhias aéreas já oferecem serviços que podem ser equiparados aos melhores hotéis cinco estrelas do mundo!

Foto:Reprodução

Foto:Reprodução

Para começar, a sul coreana Asiana Airlines disponibiliza a First Suite Class, cujo principal diferencial é a cabine privativa. Além da privacidade total – devido a uma porta deslizante – e uma cama de 2,10 metros, cada passageiro ainda tem TV de 32 polegadas, minibar personalizado, assento extra para acompanhantes, controle de cabine em LCD, diversas tomadas de energia, telefone por satélite e acesso a SMS e e-mails.

www.flyasiana.com

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A Singapore Airlines está entre as melhores companhias aéreas do mundo. Não à toa a classe Suítes oferece serviços exclusivos nas aeronaves A380. A privacidade é garantida pelas portas de correr e cortinas disponíveis em cada cabine da categoria que, aliás, ainda possui poltronas costuradas à mão pelos artesãos italianos da Poltrona Frau.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Mas além do espaço de descanso, reunião ou entretenimento, o passageiro também pode optar por uma cama também totalmente privativa. Entre os serviços oferecidos estão as refeições a bordo, que podem ser escolhidas do menu elaborado pela empresa ou ainda pelo Book the Cook, com até 24 horas de antecedência ao voo, para quem deseja se alimentar de acordo com suas preferências.

www.singaporeair.com

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Em contrapartida, a Primeira Classe da Emirates já é composta por suítes privativas nas aeronaves A380, A340-500 e na maior parte dos Boeing 777. Além do isolamento – como nas demais –, tudo ali está ao alcance. A poltrona se transforma em cama totalmente reclinável e o minibar é personalizado, assim como o serviço de refeições à la carte especialmente criados pela equipe da companhia.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Mas não acaba por aí. No Shower Spa, é possível tomar um banho refrescante a 40 mil pés de altitude. E se o intuito não for esse, o Lounge Onboard ainda permite uma divertida interação entre os passageiros em um coquetel feito por um barman exclusivo.

Foto: Reprodução

Já a Qatar Airways reúne toda a expertise árabe de hospitalidade. Apesar de não oferecer cabines tão privativas quanto às demais empresas, a companhia merece destaque pelos serviços oferecidos que começam ainda em terra. Além de chofer, quartos para descanso, spa, sala de reunião e gastronomia rebuscada à disposição, uma vez a bordo o conforto continua com poltrona massagista, kit Prada e jantar no horário mais conveniente para cada passageiro, além de menu individualizado também.

www.qatarairways.com

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Outra expert em hospitalidade árabe, a Etihad Airways lançou recentemente o The Residence, desenhado para duas pessoas que viajam juntas. A exclusividade está em tudo, a começar pelo Concierge de Viagem que acompanha o passageiro desde o momento da reserva.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Além disso, um mordomo fica à disposição dos clientes a bordo, que ainda têm um chef pessoal para preparar as refeições de acordo com as preferências de cada um. O mais impressionante é que esta é realmente uma suíte com três cômodos. A sala de estar, o banheiro privativo e o quarto são independentes e foram desenhados para oferecer todo o luxo e sofisticação possíveis. Os voos com esta categoria são oferecidos apenas na aeronave A380, que vão de Abu Dhabi a Londres.

www.etihad.com

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

E aí, já escolheu a sua cabine preferida?

Boa viagem!


Conheça a dança das marés do Monte Saint-Michel
Comentários 1

Marcio Moraes

Meu caro amigo,

Você já ouviu falar em um vilarejo medieval cujos arredores são invadidos pela maré equinocial cerca de 50 vezes por ano? Pois bem, este é o Monte Saint-Michel, localizado no noroeste da França, na fronteira com a Normandia e a Bretanha.

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

A atração está situada no centro de uma baía com aproximadamente 500 quilômetros quadrados. Conforme a maré – que é considerada uma das maiores da Europa – aumenta, as bordas da formação geográfica são rapidamente inundadas pelas águas do mar, fazendo com que a pequena vila fique ilhada.

Foto: www.ot-montsaintmichel.com

Foto: www.ot-montsaintmichel.com

A diferença entre a maré alta e a baixa é tanta que pode chegar aos 15 metros. O evento acontece quando o sol e a lua se alinham sobre a Linha do Equador, o que ocorre em exatamente 53 dias por ano, com duração de algumas horas.

Em dias de cheia, o monte fica ligado ao continente somente por uma estrada, que também pode alagar se a altura da água ultrapassar os 12,90 metros.

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Já no vilarejo, outra agradável surpresa espera pelos turistas. Erguida em cima e em torno de uma rocha de formato piramidal, a Abadia de Mont Saint-Michel tem uma história ainda mais misteriosa que a própria baía: reza a lenda que a primeira igreja levantada ali foi a mando do Arcanjo Miguel!

Foto: Thinkstosck

Foto: Thinkstosck

A história diz que o anjo apareceu três vezes ao bispo Aubert, que decidiu fundar um pequeno santuário no local, em 709. A partir dali, o monte se tornou parada obrigatória para peregrinos. No século 19, contudo, o monastério abrigou uma prisão durante a Revolução Francesa e, em seguida, teve que ser restaurado. Hoje, é conhecido como A Maravilha do Ocidente.

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Além da Abadia, visite também os quatro museus presentes no local, onde é possível descobrir a história do monte, assim como entender como funcionam as marés. Na mesma vila, a Parish Church, dedicada ao São Pierre, foi construída nos séculos 15 e 16.

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Juntos, o fenômeno natural e a construção arquitetônica são considerados a terceira atração turística mais procurada do país, com cerca de 3,5 milhões de visitantes por ano. Além disso, o conjunto é tombado como Patrimônio Mundial pela Unesco, desde 1.979.

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Para ver a dança das marés, é interessante chegar ao local cedo para garantir um bom lugar. Além disso, não é aconselhado se aventurar sozinho, pois alguns pontos são feitos de areia movediça. No site oficial do Monte Saint-Michel é possível encontrar um calendário com as datas exatas de maré alta. Visite: www.ot-montsaintmichel.com.

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Ótima viagem!


Visite o jardim mais bonito do mundo
Comentários 1

Marcio Moraes

Olá amigo,

Não há nada melhor do que começar a semana com muitas flores, não é mesmo? Então, que tal se programar para visitar o jardim mais bonito do mundo? Tenho certeza que você e toda a sua família vão adorar!

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Com 32 hectares – ou 320 mil metros quadrados –, o Keukenhof é um passeio imperdível para quem visita a Holanda durante a primavera europeia. Isso porque a atração abre as portas nesta época do ano com mais de sete milhões de flores e 800 variedades de tulipas.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Mas o que torna tudo ainda mais especial é a estrutura do jardim, que pode ser considerada uma verdadeira obra de arte! Aliás, desta vez a inspiração para a disposição das flores foi a vida e obra do pintor holandês Vincent van Gogh. Há até um mosaico de 250 metros quadrados que faz uma releitura bem florida de um dos famosos autorretratos do artista.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O intuito do tema “125 Anos de Inspiração” é homenagear o legado artístico deixado pelo pós-impressionista desde sua morte, em 1.890. A 66ª edição do Keukenhof, inclusive, foi inaugurada por um dos parentes do mestre, Willem van Gogh. Demais, não?

Foto: divulgação

Foto: divulgação

O parque é dividido em duas partes com vários jardins. O Historical Garden narra a tradição do cultivo das tulipas nos Países Baixos, que já contabiliza 400 anos! Já os Inspirational Gardens são lançadores de tendências, como o Jardim Romântico, Inovação, Amsterdã, Ervas, Insetos, Outlet, Selfie – onde está o autorretrato do pintor –, além do Jardim Inspiração de Rob, feito pelo famoso paisagista holandês Rob Verlinden.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A atração está localizada na cidade de Lisse, a cerca de 30 minutos de Amsterdã. O parque fica aberto ao público até o dia 17 de maio e deve receber cerca de 800 mil visitantes só neste ano. Para mais informações, acesse o site oficial: www.keukenhof.nl.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Até a próxima!


Celebre a Páscoa no Trem do Chocolate
Comentários Comente

Marcio Moraes

Meu caro amigo,

A Páscoa, além de ser uma das mais importantes para os cristãos, é também uma delícia de ser comemorada, não é mesmo? Afinal, os ovos de chocolate estão cada vez mais saborosos e elaborados! Pensando nisso, o que você acha de celebrar a ressurreição de Cristo em um trem suíço, cujo tema é justamente esse doce tão especial?

Fotos: Reprodução

Fotos: Reprodução

É isso mesmo! Com um interior no melhor estilo belle epoque, o Swiss Chocolate Train leva seus passageiros para um lindo passeio à fábrica de chocolates Cailler-Nestlé, situada na cidade de Broc, no Cantão Friburgo.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Nesta, que é a última parada do itinerário, os visitantes têm direito a um tour audiovisual que narra toda a história da marca, uma das mais antigas da Suíça na fabricação dos doces. Além disso, no fim da visita, acontece ainda uma degustação e pausa para fazer compras na lojinha do lugar, com direito a muitas caixas de chocolate para levar de lembrança!

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Mas não pense que acaba por aí. Antes de conhecer a produção desses deliciosos docinhos, a primeira parada é na fábrica de queijos La Maison du Gruyère! Demais, não?

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O trem da GoldenPass sai da cidade de Montreux e o passeio tem aproximadamente 5 horas de duração. Mais informações, acesse: www.goldenpass.ch.

Ótima viagem!