Companhia de Viagem

Desbrave a Capadócia subterrânea
Comentários Comente

Marcio Moraes

Meu amigo,

Quando estive pela primeira vez na região da Capadócia, na Turquia, fui em busca das belíssimas formações rochosas do local, além das riquíssimas relíquias históricas e culturais mundialmente conhecidas. De fato, as paisagens das cidades dali encantam e, até hoje, na minha opinião são o melhor exemplo de arquitetura sustentável do mundo, uma vez que são totalmente interligadas à natureza.

Copyright:muratart/Shutterstockshutterstock_165176312

O que poucas pessoas sabem é que a região guarda uma construção subterrânea: a antiga cidade de Derinkuyu se estende por cerca de 85 metros de profundidade em uma área de quase oito quilômetros.  São 600 portas que ligam salões, câmaras e instalações no subsolo.

Copyright: Elena Yakusheva/Shutterstockshutterstock_23100607

Alguns estudos apontam que a fundação da cidade tenha acontecido no século VII a.C. e que ali tenham vivido cerca de 20 mil pessoas, em sua maioria fugitivos de guerras.

Copyright: Tatiana Popova/Shutterstockshutterstock_103662977

Seus corredores formam um labirinto que serve para proteção contra invasores, e o que difere esse lugar de uma simples caverna são as características de uma cidade comum, como armazéns, refeitórios, poço, templos e até mesmo tubos de ventilação construídos para que os moradores levassem uma vida normal.

Copyright: Tatiana Popova/Shutterstockshutterstock_212571664

Derinkuyu foi aberta para visitação em 1965, mas só é possível passear por 15% da cidade. E se você ficar com vontade de mais, não se preocupe, pois esta é a maior das 36 cidades subterrâneas existentes na região.

Copyright: Pakhnyushchy/Shutterstockshutterstock_223197790
 

Um forte abraço!


Igreja de ossos humanos é atração da República Tcheca
Comentários 4

Marcio Moraes

Olá companheiro,

O mundo esconde alguns lugares um tanto bizarros e um deles certamente está na República Tcheca. Esse país tão peculiar possui grandes belezas, como a capital Praga ou, ainda mais interessante, o centro histórico da cidade de Kutná Hora, reconhecido como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, que abriga o curioso Ossuário de Sedlec.

Copyright: Pecold /Shutterstock03

Situada no subsolo da Igreja de Todos os Santos, essa pequena capela cristã foi construída para ser um depósito de ossos, como o próprio nome diz, mas o interessante é que toda a sua decoração é composta – pasme! – de ossos humanos.

Copyright: farmer's daughter/Shutterstock02

Copyright: StockThings/Shutterstock09

A história do lugar conta que em 1.142 um mosteiro cisterciense foi fundado na cidade. Anos mais tarde, o rei da Bohemia enviou o abade da instituição à Terra Santa. Este, por sua vez, voltou de Jerusalém com um punhado de terra da Gólgota – ou Calvário, local onde Jesus foi sacrificado – e jogou sobre o cemitério do monastério.

Copyright: dmitry_islentev/Shutterstock04

Copyright: Beneda Miroslav/Shutterstock05

Assim, o local ganhou fama e muitas pessoas quiseram ser enterradas ali. Em 1318, o cemitério já abrigava os restos mortais de cerca de 30 mil pessoas.

Copyright: Mikhail Markovskiy/Shutterstock08

No meio da necrópole, por volta dos anos 1.400, um dos abades construiu a Igreja de Todos os Santos com um depósito de ossos no subsolo, que entre 1.703 e 1.710 foi remodelado ao estilo barroco checo pelo arquiteto Jan Blažej Santim-Aichl.

Copyright: Mikhail Markovskiy/Shutterstock07

O trabalho decorativo com ossos humanos, no entanto, foi feito apenas em 1.870 pelo entalhador František Rint, que dispôs de restos de cerca de 40 mil pessoas em lustres, sinos e outras partes da igreja.

Copyright: Adwo/Shutterstock01

Para informações sobre horários de funcionamento, visite o site: www.ossuary.eu

Copyright: Mikhail Markovskiy/Shutterstock06

Mas e aí, você se sentiria bem acolhido ali?

Até mais!

 

 

 

 


Você encararia o Caminho da Morte?
Comentários Comente

Marcio Moraes

Olá amigo,

Que tal um pouco de adrenalina para começar o fim de semana bem animado? Pois eu tenho uma curiosidade que você vai adorar! A China é fantástica, cheia de contrastes e lugares inusitados, por isso hoje eu convido você a conhecer uma das trilhas mais perigosas do mundo: a do Monte Huashan, também conhecida como Caminho da Morte.

SAM_1206

Huashan está localizada a cerca de 120 quilômetros da cidade de Xian, na província de Shaanxi.

shutterstock_123011044

shutterstock_153978890

No topo desta montanha sagrada, a mais de dois mil metros de altura, existe um templo taoísta construído no século 2 a.C. que leva milhares de pessoas do mundo todo a se arriscarem por esse estreito caminho à beira do monte todos os anos.

Monte-Huashan-China-13

mt-huashan-death-trail-woe1

Construída por monges budistas, a trilha de aproximadamente seis quilômetros passa por subidas árduas e passarelas super estreitas de madeira, por isso, quem decidir se arriscar não pode ter medo de altura.

P1010886

huashan13

O Monte Huashan faz parte dos cinco montes sagrados da China: Taishan, Heng (Hunan), Hengshan e Songshan.

shutterstock_196126025

 

E aí, teria coragem de encarar?

E amanhã, às 18h20, na Rede TV!, não percam o programa Companhia de Viagem!

Até mais e boa viagem!


A força das águas africanas
Comentários Comente

Marcio Moraes

Companheiro de viagem,

 

Em minha última jornada ao continente africano, procurei por algum lugar onde eu pudesse desfrutar de lindas praias, densas florestas, desertos ou qualquer outro tipo de aventura disponível. Após uma rápida pesquisa, fiquei maravilhado com as belas imagens da Angola e decidi incluir esse país fantástico no meu roteiro.

O meu objetivo era conhecer as Quedas de Kalandulas, na província de Malanje. Formadas no rio Lucala, o mais importante afluente do rio Kwanza, essas cascatas são as segundas maiores da África.

shutterstock_130506935

Para chegar ao local é possível se aventurar por uma estrada de terra e pontes. No caminho, a vista das quedas d’água é maravilhosa.

shutterstock_94328470

São quase 500m de comprimento e mais de 100 m de altura cercados por uma densa floresta com rica biodiversidade.

Durante a temporada de chuvas (entre Outubro e Abril), o alto volume de água forma um arco-íris permanente na base das cascatas.

É possível fazer uma trilha de aproximadamente uma hora para chegar à parte mais baixa das Quedas de Kalandulas. Mas não esqueça que você terá que subir tudo de volta, hein!

shutterstock_94328467

Como se só essa vista não bastasse, a cultura do povo angolano nos faz lembrar muito da nossa terra natal, o grandioso Brasil, pois eles têm uma presença muito forte na formação do povo brasileiro.

shutterstock_27605554

Na próxima vez que for a África, reserve um tempo para desfrutar as maravilhas que a surpreendente Angola pode oferecer.

Forte Abraço!


Que tal ir a Valência no Dia da Criatividade?
Comentários Comente

Marcio Moraes

Olá companheiro,

Hoje é o Dia da Criatividade, ótima data para uma segunda-feira, não? E como não há nada melhor do que começar a semana com uma boa dose de arte para nos inspirar, que tal conhecer a Cidade das Artes e Ciências, que fica em Valência, na Espanha?

De desenho moderno e arrojado, o complexo cultural possui cerca de 350 mil quilômetros quadrados e foi projetado pelos arquitetos espanhóis Santiago Calatrava e Félix Candela.

PAN CAC FAC AM AT 171109

A Cidade das Artes e Ciências é uma completa estância de cultura e entretenimento dividida em seis partes: Palácio das Artes Reina Sofía, Hemisfèric, Umbracle, Agora, Oceanogràfic e o Museu de Ciências Príncipe Felipe.

20090120_0098

O Palau de les Arts Reina Sofía é uma casa de ópera inaugurada em 2005. Com estrutura moderna de tecnologia, é um catalisador de concertos musicais na região de Valencia.

20090618_0968

A gigante galeria de projetos audiovisuais Hemisfèric representa um olho humano semi-aberto. Inaugurada em 1998, é também o maior cinema da Espanha, incluindo sua tela côncava de 900 metros quadrados.

O Umbracle é um espaço propício para admirar a paisagem da Cidade, cheia de lagos e passarelas. Ali é também local para exposições de esculturas, além de estacionamento.

Já o Agora é um local versátil capaz de abrigar eventos diversos.

20100309_0082

Inaugurado em 2003, o aquário Oceanogràfic é o maior complexo marinho da Europa e serve como uma plataforma para pesquisas científicas com suas 500 espécies de animais dispostos em oito habitat diferentes. Além disso, essa parte do complexo também possui uma piscina de golfinhos e um restaurante subaquático.

M-769dig_RT8

Finalmente, o Museu de Ciências Príncipe Felipe, onde o slogan é “Proibido não tocar, não sentir e não pensar”, é um verdadeiro tesouro para quem gosta de aprender sobre experimentos científicos, como uma representação artística do DNA humano em uma escultura de 15 metros de altura.,

Ficou interessado? Então vá correndo a Valência e aproveite!

Até a próxima!


Cartagena: as cores por trás do muro
Comentários Comente

Marcio Moraes

Meus amigos,

Quando dei a volta pelo nosso continente em busca de novos roteiros, me deparei com uma adorável surpresa. Emoldurada por uma magnífica baía e escondida entre muralhas em pleno mar do caribe encontra-se um dos destinos mais visitados da Colômbia: cheia de cores e história, Cartagena das Índias surpreende com seus encantos.

shutterstock_170733602

Atualmente, a cidade está dividida entre o novo e o histórico. A parte moderna é repleta de baladas e hotéis luxuosos, enquanto o lado antigo é cheio de bares, pensões e uma intensa atividade cultural, além de abrigar a maior parte das atrações turísticas.

shutterstock_131773376

A gastronomia, baseada em frutos do mar e outros ingredientes típicos da região, é uma ótima pedida. Experimente o risoto feito em água de coco, é de dar água na boca!

shutterstock_110400995

Cartagena foi o local escolhido para o envio de todo o ouro produzido na América do Sul, enquanto ainda era colonizada pelos espanhóis, por isso sofria constates ataques de piratas e mercenários. Com o objetivo de proteger a região e reduzir as invasões, foi construído um muro ao redor da cidade, que virou um verdadeiro forte, e até hoje é conhecida também como Cidade Murada.

shutterstock_52815289

O passeio pelos seus 13 quilômetros de muralhas revela paisagens paradisíacas e construções multicoloridas com forte influência espanhola e varandas floridas. Porém, as melhoras praias da cidade se encontram nas ilhas do Rosário, Barú e San Bernardo, todas acessíveis por barcos que saem frequentemente do píer da região.

shutterstock_195628739

No centro da cidade, o Castelo de San Filipo é uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais da história e da cultura local.

shutterstock_153952265

Cartagena também é cenário de diversas obras do escritor colombiano Gabriel García Márquez. O autor possuía uma casa de veraneio ali, por isso muitas de suas histórias se passam na região, como “O Amor nos Tempos de Cólera”, de 1985.

shutterstock_155456801

Devido à localização geográfica privilegiada, o clima na cidade é de muito calor durante o ano inteiro.

shutterstock_20114374

Permita-se também aproveitar as casas de rumba, salsa e ritmos caribenhos. Se puder, tente alinhar a sua estadia a algum dos ótimos eventos culturais que ocorrem ao longo do ano, como o Festival Internacional de Cinema ou o Music Festival.

shutterstock_152297468

Ficou interessado? Então não perca neste sábado, às 18h20, na Rede TV!, o programa Companhia de Viagem.

Um forte abraço!


Se encante com os lagos cor-de-rosa do mundo
Comentários 1

Marcio Moraes

Olá amigo,

As mulheres vão gostar desse post, porque tem tudo a ver com uma das cores que elas mais gostam: o rosa. Nome de flor, tema para músicas e símbolo até da luta contra o câncer de mama, o cor-de-rosa também pode ser um roteiro pelo mundo, quer ver?

shutterstock_109572149

Localizada na Espanha, a Laguna de Torrevieja  está localizada no Parque Natural de Torrevieja e é totalmente rosa. Ali também está a salina, que influencia para a coloração diferente do lago.

shutterstock_154217045

Conhecido pelo povo local como Lac Rose, o Lago Retba, no Senegal, está a apenas algumas dunas de distância do Oceano Atlântico e também tem muita concentração de sal, por isso sua coloração é rosa, principalmente na época de tempo seco, que vai de Novembro a Junho.

shutterstock_94194868

Mais para a cor avermelhada, a Laguna Colorada, na Bolívia, é outro espetáculo da natureza. Feito de sal, o lago é uma das atrações que compõem o passeio ao Salar de Uyuni, considerado o maior deserto de sal do mundo.

shutterstock_113065765

A Austrália também concentra muitos lagos cor-de-rosa, como o Pink Lake, a cerca de sete quilômetros da cidade de Esperance. A coloração diferente da água acontece dependendo das condições climáticas, devido à alta concentração de algas.

Existem muitas outras atrações como esta dentro do país australiano e ao redor do mundo também, por isso, faça sua mala e aproveite!

Até a próxima!


Berlim celebra 25 anos de unificação com muro de luz
Comentários Comente

Marcio Moraes

Meus Amigos

No próximo domingo, dia 9 de novembro, o mundo comemora os 25 anos da queda do Muro de Berlim (1961 – 1989), momento histórico que marcou o fim da Guerra Fria e o desmantelamento do bloco socialista, localizado no leste europeu.

Visualization of the LICHTGRENZE at Brandenburg Gate © Kulturprojekte Berlin_WHITEvoid / Christopher Bauder, Photo: Daniel Büche01_LICHTGRENZE_Brandenburger_Tor__c__Kulturprojekte_Berlin_WHITEvoid_Christopher_Bauder__Foto_Daniel_Bueche

Para celebrar, uma intervenção artística denominada Lichgrenze – em português ‘Fronteira de Luz’ – irá novamente dividir a cidade.

Visualization of the LICHTGRENZE at Engelbecken © Kulturprojekte Berlin_WHITEvoid / Christopher Bauder, Photo: Daniel Büche11_LICHTGRENZE_Engelbecken__c__Kulturprojekte_Berlin_WHITEvoid_Christopher_Bauder__Foto_Daniel_Bueche

Mas, desta vez, 8 mil balões iluminados serão utilizados ao invés de concreto ou arame farpado. A instalação teve início hoje e permanece até domingo, onde voluntários colocarão mensagens nesses balões, inflados com gás hélio, para depois soltá-los.

© Kulturprojekte Berlin / Foto: Antje25 Jahre Mauerfall in Berlin

A obra desenvolvida pelos artistas Christopher e Marc Bauder possui 15 km e ainda conta com várias telas espalhadas por toda sua extensão exibindo histórias ocorridas nesses locais específicos do Muro de Berlim.

© Kulturprojekte Berlin / Foto: Camilo25 Jahre Mauerfall in Berlin

Se estiver por lá, confira também algumas atrações que homenageiam a construção:

Visualization of the LICHTGRENZE at Spreeufer © Kulturprojekte Berlin_WHITEvoid / Christopher Bauder, Photo: Daniel Büche04_LICHTGRENZE_Spreeufer__c__Kulturprojekte_Berlin_WHITEvoid_Christopher_Bauder__Foto_Daniel_Bueche

A céu aberto, a East Side Gallery, às margens do rio Spree, detém o trecho mais longo ainda preservado do Muro de Berlim, que abriga em mais de um quilômetro de extensão pinturas de cerca de 100 artistas, de mais de 20 países.

O premiado Museu DDR (Deustche Demokratische Republik – República Democrática da Alemanha), é interativo e dividido em áreas temáticas.

© Kulturprojekte Berlin / Foto: Camilo25 Jahre Mauerfall in Berlin

Faça um passeio em um Trabant, veículo compacto da era socialista, por endereços históricos como o Portão de Brandemburgo, onde um guia passa as informações históricas de cada lugar. Vale a pena!

Se preferir se exercitar, é possível fazer um tour histórico utilizando bicicletas. São quase quatro horas de duração, com paradas em locais como o Checkpoint Charlie, Berlim Wall Memorial e o Mauer Park.

Berlin Wall by Brandenburg Gate, 11/11/1989: Berlin after the opening of the Wall on November 11, 1989, view of Brandenburg Gate and crowds25_Archiv_Bundesstiftung_Aufarbeitung__Fotobestand_Uwe_Gerig__Bild_6389

E para finalizar, O Ostel Hotel abriga 33 quartos decorados com objetos originais da época. É uma imersão na história!

Se quiser mais informações sobre turismo, não perca amanhã, dia 8, às 18h20, na RedeTV!, o programa Companhia de Viagem.

Um forte abraço!


Seychelles: um dos destinos de lua de mel preferidos das celebridades
Comentários Comente

Marcio Moraes

 Fotos: Divulgação/ Arquivo Pessoal

 

Bonzour, companheiro!

Como muitos sabem, eu continuo em Seychelles, que no mês passado foi o cenário escolhido para a honeymoon dos pombinhos mais comentados do momento: George Clooney e Amal Alamuddin. Além deles, outro casal que escolheu o país africano para celebrar o casamento foi o príncipe William e Kate Middetlon, em 2011.

Claro que não poderia ser diferente, já que as ilhas mais antigas do mundo também estão entre as mais bonitas. E para não deixar ninguém passar vontade, como prometi no post anterior, separei mais algumas dicas bem interessantes sobre o país africano. Garanto que você vai querer fazer as malas agora mesmo!

IMG_0244

 

IMG_0245

Seychelles abriga o Atol de Aldabra, um dos maiores do planeta, e o Vallée de Mai, terra do curioso e raro coco-de-mer, ambos tombados pela UNESCO como Patrimônios Mundiais da Humanidade.

blog14

Muito parecido com algumas regiões brasileiras, o clima do país varia entre 24º e 32ºC, com chuvas constantes nas épocas mais quentes, entre dezembro e fevereiro.

blog10

Outra semelhança com o Brasil está no povo creole, composto por muitas etnias diferentes e conhecidos pela alegria e receptividade.

blog3

IMG_0248

Já a fauna e a flora de Seychelles são um espetáculo à parte. Segundo o governo do país, cerca de 50% de sua terra é preservada, e entre suas maiores atrações estão as tartarugas gigantes, encontradas principalmente em Aldabras.

blog9

blog18

O arquipélago foi descoberto em 1502 por Vasco da Gama. O passado do país foi marcado pela colonização francesa e, mais tarde, pelo domínio da Grã-Bretanha, de quem conseguiu independência somente em 1976.

blog11

IMG_0247

Eu poderia escrever um livro sobre o que estou vivendo aqui, mas prefiro deixar você instigado a vir conhecer pessoalmente esse lugar tão especial. Por isso, não perca mais tempo e aproveite a temporada de verão! É uma viagem mágica!

Até a próxima!

 


Sabia que as novelas brasileiras também fazem sucesso na África?
Comentários Comente

Marcio Moraes

Caro amigo,

 

Você sabe que as nossas novelas são sucesso fora do país também, certo? Mas você tinha noção de que a fama poderia chegar até a África? Pois estou em Seychelles, um arquipélago formado por 115 ilhas no sudeste africano, e pasmem, por aqui os dramas brasileiros são uma paixão nacional, assim como o futebol!

f5

Ao nordeste de Madagascar, em meio ao Oceano Índico, esse paraíso chamado Seychelles possui 455 quilômetros quadrados de praias paradisíacas e florestas densas.

Suas ilhas são divididas entre 41 graníticas e 71 coralinas. Ou seja, as primeiras são feitas de granito e abrigam o maio polo turístico e cultural do país. As principais são Mahé, Praslin e La Digue.

f2

Já as coralinas são divididas em cinco grupos de atóis de corais e localizadas fora do planalto de Seychelles. Entre as ilhotas estão a Alphonse e a Desroches, as únicas que abrigam hotéis.

f3

Com uma população de aproximadamente 90 mil seychellois, são três as línguas oficiais do país: o creole, baseado na língua francesa, o francês e o inglês.

f1

A gastronomia da República de Seychelles também é um espetáculo à parte. Composta por muitos frutos do mar, a culinária creole vai das influências francesas aos exóticos pratos orientais.

f6

Se interessou? Então acompanhe o blog, pois durante a semana vou postar mais curiosidades sobre esse arquipélago tão especial!

Abraços!