menu
Topo
Blog do Marcio Moraes

Blog do Marcio Moraes

Histórico

7 lugares mais coloridos do mundo para você visitar

Marcio Moraes

15/08/2018 08h00

Se você viu uma foto de algum desses lugares coloridos, você pode até pensar que foi editada. Pode em qualquer lugar ter cores tão brilhantes e vibrantes? Esses sete lugares são naturalmente vívidos – mas você pode ter que visitar para acreditar.

Montanhas de arco-íris, China

Formada há milhões de anos por camadas de arenito e minerais, as montanhas do Parque Geológico Zhangye Danxia Landform podem ser as mais coloridas do mundo. Este patrimônio mundial da UNESCO está bem preservado, graças a plataformas de observação elevadas e caminhos que mantêm os visitantes longe das montanhas.

Onde ficar: Zhangye é a cidade mais próxima do parque geológico. Hospede-se no Jinyang International Hotel, de 5 estrelas e contrate um motorista para levá-lo até as montanhas.

Foto: iStock

Lago Natron, Tanzânia

O Lago Natron parece uma poça de fogo devido as haloarchaeas, microorganismos que tornam as águas do lago vermelhas. Os mais de dois milhões de flamingos que se reproduzem por lá adicionam detalhes cor-de-rosa à cena. O lago pode estar entre os lugares mais coloridos do mundo, mas não é um local ideal para dar um mergulho: sua água tem um pH em torno de 10,5, que é quase tão alto quanto a amônia.

Onde ficar: durma confortavelmente no deserto em uma das tendas de luxo do Lake Natron Tented Camp.

Foto: iStock

Deserto Pintado, Arizona

A paisagem do Deserto Pintado parece ter sido cuidadosamente pincelada com todas as tonalidades do arco-íris, mas os tons únicos deste lugar colorido são causados por depósitos de argila e arenito. Para ver as cores mais espetaculares, marque a sua visita no horário do pôr do sol, quando as rochas refletem a luz em um brilho ardente.

Onde ficar: La Posada Hotel e Gardens é um hotel histórico que oferece fácil acesso ao Parque Nacional da Floresta Petrificada, uma das melhores áreas para explorar o Deserto Pintado.

Foto: iStock

Lago Hillier, Austrália

A Austrália é conhecida por seus lugares coloridos, tantos que no site oficial de turismo do país tem uma sessão inteira sobre seus lagos rosas. Hillier, localizado na Middle Island, casa do Arquipélago de Recherche, é famoso por suas águas cor de chiclete. Os cientistas não sabem exatamente porque o lago tem essa coloração. O Hillier e a Middle Island são reservados para pesquisa, por isso o melhor jeito de ver esse espetáculo é em um voo panorâmico.

Onde ficar: Esperance, na costa oeste da Austrália, é o lugar mais próximo para. O Jetty Resort fica bem na água e faz um bom ponto de parada antes do seu voo panorâmico.

Foto: iStock

Queda Havasupai, Grand Canyon

Havasupai é a tradução para "pessoas das águas azul-esverdeadas", e uma vez que você coloca os olhos sobre o Havasu Creek turquesa, você entenderá o porquê. Escondido no coração do Grand Canyon, as águas azuis do riacho se espalham por um penhasco como Havasupai Falls, enchendo uma piscina tentadoramente colorida que atrai os nadadores a se refrescarem no calor do deserto.

Onde ficar: Havasupai Falls não é fácil de chegar, é uma caminhada de 16 quilômetros noturnos. Você terá que ter a sorte de conseguir uma reserva de acampamento, eles se esgotam em poucos minutos.

https://www.havasupaireservations.com/

Foto: iStock

Montanha de arco-íris, Peru

Os picos e declives de Vinicunca, a Montanha Arco-Íris, são listrados com tons de bordô, dourado e azul, devido aos minerais do solo. Segundo os moradores, as cores surpreendentes da montanha foram descobertas há apenas cinco anos, devido à mudança climática que causou o derretimento da neve que cobria a montanha. Agora, cerca de 1.000 turistas por dia enfrentam a caminhada até essa atração.

Onde ficar: A maioria dos passeios de um dia para a Rainbow Mountain partem de Cusco, então reserve um quarto no Belmond Palacio Nazarenas, localizado no centro, como sua base.

Foto: iStock

Lago Tekapo, Nova Zelândia

A água turquesa limpa e brilhante do Lago Tekapo praticamente implora aos viajantes que dêem um mergulho. Mas, cuidado, esteja avisado que o lago é preenchido pelo derretimento das geleiras, o que significa que a água é gelada. Sua cor deslumbrante é causada pelas geleiras descendo as encostas das montanhas e triturando pedras no caminho para baixo, a poeira da rocha que fica no lago causa a tonalidade única.

Onde ficar: Peppers Bluewater Resort tem vista para o Lago Tekapo, para que você possa apreciar a vista durante todo o dia.

Foto: iStock

E aí, malas prontas? Se você gostou desse texto, compartilhe com seus amigos!

Quer mais dicas de viagem? Assista ao Companhia de Viagem aos domingos, às 19h30, na Record News!

 

 

SOBRE O BLOG

Para viajar sem sair de casa. O blog do Marcio Moraes apresenta lugares fascinantes para inspirar o imaginário do viajante. Por meio de dicas, o leitor viverá as melhores experiências dos destinos com restaurantes, hot spots e listas capazes de ampliar horizontes. Que tal entrar em contato com novas culturas e desbravar pelo mundo em um clique? Embarque nessa viagem!