Blog do Marcio Moraes

Histórico

Pucón: À beira do lago e aos pés do vulcão

Marcio Moraes

14/12/2016 08h00

Qualquer viagem para o Chile é sempre sinônimo de paisagens memoráveis. E desta vez não poderia ser diferente! Este pedaço de terra estreito e longínquo entre o Pacífico e a Cordilheira dos Andes é abençoado pela natureza com desertos, praias, geleiras, vulcões e muitas paisagens que surpreendem. Pucón, a 780 quilômetros ao sul da capital Santiago, na região da Araucanía, é um desses destinos inesperados, com muitas atividades em qualquer estação do ano.

Snow covered Volcano Villarica, Chile

Fonte: Maciej Bledowski

A cidade, cercada pelo lago e vulcão Villarrica, tem um centrinho com poucos quarteirões e muitos cafés charmosos. Caminhando é possível conhecer todos os cantinhos até chegar à famosa Playa Grande, a maior faixa de areia vulcânica do lago. Nos meses de verão, o lugar, que oferece passeios de barco, esportes náuticos e um lindo pôr do sol, é disputado entre locais e turistas. Há mais praias menores, mas a maioria fica em áreas particulares.

Já o vulcão, com 2.874 metros de altura, é um dos mais ativos da América do Sul. Tem atividades de neve durante o inverno e trekking em qualquer época do ano. Quando entra em erupção, ilumina o céu da cidade e cria um cenário fantástico e amedrontador. Ele também é responsável por outras belezas naturais nas redondezas. Suas lavras criam barreiras naturais para a passagem da água subterrânea e assim formaram as cachoeiras Ojos del Caburga e o lago Caburga com seu verde-esmeralda.

image012

Outra atração imperdível são as piscinas de águas termais, há diversos complexos, mas o mais inusitado são as Termas Geométricas. O lugar fica no meio do Parque Nacional Villarrica, a 87 quilômetros de Pucón, e tem mais de 20 piscinas naturais, com águas que chegam aos 80°C. Para quem prefere adrenalina, tem rafting nas águas agitadas e cristalinas do rio Trancura, com vários níveis de dificuldade, e descidas em corredeiras mais ou menos radicais.

E para completar o roteiro, existem vários passeios de inserção na cultura Mapuche, os índios que originalmente ocuparam essa região de Araucanía. A maioria deles contempla desde apresentações de dança, música e história a degustação de refeições típicas em suas cabanas. Assim, com suas inúmeras opções de turismo, Pucón mostra que é fácil fugir do óbvio no Chile.

EM PERFEITA HARMONIA

Para quem busca simplicidade, paz e completa imersão na natureza a dois quilômetros do centro

As paredes do hotel contam a história do casal tcheco Guillermo e Catalina Pollak com muitas fotos e fatos. Eles chegaram ao Chile em 1938, se apaixonaram pela cidade, adquiriram um terreno e com um empréstimo oferecido pelo presidente da época, Gabriel González Videla, construíram o Antumalal, inaugurado na década de 1940. Muita perseverança e dedicação fizeram com que cada traço do projeto tornasse realidade e cativasse todos que ali se hospedam.

Com o apoio do arquiteto chileno Jorge Elton, desenharam um hotel inspirado no estilo Bauhaus e totalmente integrado à natureza que emoldura os cinco hectares de parque nativo às margens do Lago Villarrica. Construído sobre uma rocha e envolto por jardins, o hotel tem amplas janelas panorâmicas, salas com lareira e mobiliário original que mesclam madeiras nativas, cordas e ferros.

image013

O Spa Antumaco tem uma piscina toda trabalhada em rocha natural e dividida em duas partes, uma coberta e outra ao ar livre, uma hidromassagem, uma jacuzzi e uma sauna com vista panorâmica para o lago. E ainda são oferecidos sete tipos de terapias: massagem descontraturante, craniosacral, tailandesa, pedras quentes, reflexologia, drenagem linfática e Reiki.

A gastronomia é um espetáculo à parte. O Restaurante Parque Antumalal é abastecido com produtos frescos da região e da horta do hotel e o menu contemporâneo mescla receitas europeias e chilenas, que harmonizam com os melhores vinhos do país. O espaço amplo, que é referência culinária na região, conta com uma vista incomparável e convida os hóspedes e quem está de passagem.

image014

Há quatro tipos de quartos: uma única suíte superior com área de estar privativa, biblioteca, lareira, cama king size e banheira; duas suítes familiar com um quarto de casal e um quarto duplo com vista para o lago; apartamentos para duas pessoas no primeiro e segundo andares; e três chalés distintos inseridos na vegetação do parque, com ampla sala de estar, cozinha, lareira, terraço e uma vista exuberante.

Dentro do Antumalal há também uma agência chamada Davita Tours que oferece todas as atividades disponíveis na região, como observação de aves, cavalgadas, caminhada pelos pés do vulcão e pelas lagoas andinas e até excursões com huskies siberianos. Tudo para deixar a experiência ainda mais completa.

image015

O básico de Pucón:

Área: 1.248 km²

População: 30 mil habitantes

Distância: 780 km de Santiago

Melhor época: No inverno é um destino popular para esquiadores, e a partir de setembro, quando as temperaturas começam a subir, as atividades nos lagos, rios e cachoeiras podem ser melhor exploradas.

Para chegar a Pucón: Durante os meses de janeiro e fevereiro há voos diretos para Pucón, mas, no resto do ano, a Latam e a Sky Airlines oferecem voos diários entre Santiago e o aeroporto de Temuco (ZCO), a 90 quilômetros de distância. Existe também ônibus leito e semileito de várias empresas e a duração da viagem é de aproximadamente nove horas.

Hotel Antumalal: O hotel oferece translados em carros particulares a partir do aeroporto e aluga automóveis. www.antumalal.com/pt-br/

 

Sobre o blog

Para viajar sem sair de casa. O blog do Marcio Moraes apresenta lugares fascinantes para inspirar o imaginário do viajante. Por meio de dicas, o leitor viverá as melhores experiências dos destinos com restaurantes, hot spots e listas capazes de ampliar horizontes. Que tal entrar em contato com novas culturas e desbravar pelo mundo em um clique? Embarque nessa viagem!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Topo