Blog do Marcio Moraes

Histórico

Receitas de ouro: conheça as refeições que custam o olho da cara

Marcio Moraes

12/01/2018 08h00

Comer bem sempre tem seu preço, mas você sabia que um bagel pode custar até mais de US$ 1 mil? Trouxe algumas refeições que levam ouro, pérolas, trufa branca, lagosta, caviar, foie gras e outros ingredientes que encarecem um único prato. Será que seu apetite vale tudo isso?

Bagel com trufas brancas e riesling
Estados Unidos

Considerada a refeição mais importante do dia, o café da manhã pode deixar o dia bem extravagante. No hotel The Westin, em Nova York, o chef executivo Frank Tujague conseguiu transformar um tradicional bagel em um item que é vendido por mais de US$ 1 mil. O preço não vem do pão, mas do seu recheio: o cream cheese comum foi substituído por um com trufa branca e goji berry. O lanche leva também uma geleia de riesling, uma uva branca extremamente rara, cujas folhas são douradas.

Foto: Divulgação

Pizza com caviar
Itália

O italiano Renato Viola é considerado um dos melhores pizzaiolos da Itália e, na sua busca para unir a tradição com sabores e técnicas modernas, acabou criando a pizza mais cara do mundo. O recheio leva três tipos diferentes de caviar – Oscietra Royal Prestige, Oscietra Royal Classic e Beluga Kaspia –, e duas espécies de camarão, lagosta e muçarela de búfalo orgânica. Exceto a massa, que tem um tempo de descanso de 72 horas, toda a preparação acontece em frente aos clientes, e a experiência custa 8.300 euros.

Foto: Divulgação

Hambúrguer com Kobe beef trufas negras
Estados Unidos

Em Las Vegas, o chef Hubert Keller criou para o seu restaurante Fleur um hambúrguer feito com Kobe beef, cuja peça pode custar mais de US$ 200, foie gras e fatias de trufas negras, que conseguem ser ainda mais caras, algo em torno de US$ 3 mil o quilo, e brioche trufado. Acompanhado por uma garrafa de 1995 do vinho Chateau Petrus, o combo sai por US$ 5 mil.

Foto: Divulgação

Sushi com ouro e diamantes
Filipinas

Quem busca algo mais leve pode procurar por Angelito Araneta Jr., mais conhecido como “Chef Quilate”. O cozinheiro filipino é o homem por trás do Sushi Mais Caro do Mundo, segundo o livro dos recordes. Por US$ 1.978, é possível provar cinco sushis de salmão norueguês com foie gras, o que é até considerado comum em alguns restaurantes. O diferencial do prato de Araneta está no que vem depois: três pérolas Palawan em cada peça, e diamantes africanos de 20 quilates. Tudo isso envolto em folhas de ouro de 24 quilates comestíveis.

Foto: Divulgação

Café de grãos defecados por civetas
Indonésia e Vietnã

E para finalizar a extravagante comilança, um cafezinho produzido apenas nas ilhas de Java, Sumatra e Sulawesi, na Indonésia e no Vietnã. O Kopi Luwak tem poucos concorrentes porque os grãos são defecados pelas civetas, um mamífero noturno que é parente da raposa e habita as florestas tropicais africanas e asiáticas. A ação das enzimas e bactérias no organismo dos animais torna o sabor da bebida diferenciado. Um quilo pode custar US$ 400 e uma xícara US$ 30 em cafeterias mais requintadas.

Foto: Tobiator/iStock

E aí, quanto custa o seu paladar? Você pagaria por essas refeições?

Sobre o blog

Para viajar sem sair de casa. O blog do Marcio Moraes apresenta lugares fascinantes para inspirar o imaginário do viajante. Por meio de dicas, o leitor viverá as melhores experiências dos destinos com restaurantes, hot spots e listas capazes de ampliar horizontes. Que tal entrar em contato com novas culturas e desbravar pelo mundo em um clique? Embarque nessa viagem!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Blog do Marcio Moraes
Topo